Notícias


Confira as inovações do mundo do transporte


06/08/2018 11:05:20

Primeiro trem de passageiros movido a hidrogênio 


A Alemanha confirmou a utilização comercial de um trem movido a célula de combustível de hidrogênio. Destinado ao transporte de passageiros no país, o projeto do Coradia iLint teve aporte financeiro do governo alemão como parte de um programa de inovação para tecnologia de hidrogênio e células de combustível. O hidrogênio produz energia elétrica para a tração da locomotiva. Projetado pela Alstom, o Coradia emite baixos níveis de ruídos, possui conversão de energia limpa e armazena a energia em baterias com gerenciamento inteligente dessa energia. A previsão é que, a partir de 2021, ele já esteja nos trilhos.


Carro mais caro do mundo 


Esse é para quem está disposto a gastar dinheiro. Pela bagatela de 67 milhões de reais, você pode comprar o Pagani Zonda HP Barchetta, que, desde o seu lançamento, se tornou o carro novo mais caro do mundo. Empurrado por um por motor V12 da Mercedes-AMG de 760 cavalos, o “brinquedinho” superou o Rolls-Royce Sweptail, que teve apenas uma unidade feita e foi vendido por 45 milhões de reais. Mas, se você gostou, é melhor se apressar, pois só serão produzidas três unidades, pois a primeira irá ficar com o fundador da empresa, o engenheiro argentino Horacio Pagani. Então, só restam dois, portanto, é melhor se apressar.


Mercedes-Benz aposta em linha de vans elétricas 


A Mercedes-Benz irá apostar no segmento de vans elétricas. Com os nomes de “eVito” e “eSprinter”, a nova linha será apresentada ao público no Salão de Veículos de Hannover, na Alemanha, que acontecerá em setembro. As vans poderão rodar de 100 a 150 quilômetros antes de uma recarga, que leva seis horas para alcançar 100%. Já a eSprinter deve receber um pacote extra de baterias, que aumentam em 115 km a autonomia. Ambas as vans possuem sistema de otimização, que limita a velocidade a 80 km/h para aumentar a duração das baterias em uso urbano. Na estrada, a velocidade máxima é de 120 km/h.  As primeiras Vito elétricas devem ser entregues ainda em 2018, enquanto a Sprinter deve chegar ao mercado em 2019.


Moby Dick dos ares  

O Beluga XL, o novo avião de carga da Airbus, realizou o seu primeiro voo-teste no fim de julho. O gigante em forma de baleia servirá para transportar as peças da Airbus dentro do continente europeu. Para produzir a “Baleia Gigante”, que possui 18,9 metros de altura, 63,1 metros de comprimento e fuselagem de 8,8 metros de diâmetro, os engenheiros usaram como base o A330, modificando as asas, os motores e a parte inferior da fuselagem. O programa prevê a construção de cinco unidades XL, e a primeira estará operando em 2019.


Fonte: Carlos Teixeira
Agência CNT de Notícias